VLATIMA VANDRAGAN

Uploaded with ImageShack.us

Banner

Seja bem vinda(o). CLIQUE EM SEGUIDOR, SE REGISTRE E RECEBA GRATUITAMENTE AS NOVIDADES DE MEU BLOG.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

OS VIKINS


OS VIKINS







Os nórdicos viveram entre 793 a 1066 d.C, a divisão da Era Viking. Os escandinavos pertencem aos chamados povos germânicos, uma classificação que leva em conta a linguagem e certos aspectos culturais básicos, como a mitologia, como os celtas, gregos, eslavos.
A Era Viking é a parte do início da Idade do Ferro na Escandinávia. Hoje, de um modo geral a população escandinava medieval é referida como nórdicos. 



Os Viking não eram particularmente religiosos, eram muito mais realistas. No paganismo nórdico não havia fanatismo, mas praticavam rituais e culto aos seus ancestrais, usando o xamânismo (por viajarem muito tiveram contato com outras crenças) e já tinham conhecimento sobre o sobrenatural.

Os vikings eram guerreiros-marinheiros da Escandinávia que entre o final do século VIII e o século XI invadiram e colonizaram as costas da Escandinávia, Europa e Ilhas Britânicas.
Conhecidos como povo de terror e destruição, pois a ,quando o povoado avistavam os navios vikins, era como o final do mundo para eles. Os vikins ao chegar em terras, saqueavam tudo que pudessem carregar, levam as jovens moças e matavam quem ousa-se impedi-los. Os vikins verificavam antes se teriam sucesso nas guerras e deixaram, para a história as suas práticas e sabedorias religiosas pagãs em comunidades que fundaram, estes passavam para frente os ensinamentos. Os vikings conquistaram parte da Irlanda e da Inglaterra, viajaram pelos rios da França e Espanha, e ganharam controle de áreas na Rússia e na costa do Mar Báltico. Houve também invasões no Mediterrâneo e no leste do Mar Cáspio. A principal razão que se crê estar por trás das invasões foi a superpopulação causada pelo avanço tecnológico do uso do ferro.
O amor à aventura e o sucesso militar, são características de uma cultura que valorizava os feitos heróicos de suas sagas e vitórias por onde passavam.


Seus navios com imagem de Dragão permitiam que os vikings navegassem longas distâncias, além de terem vantagens tácticas em batalhas.  Eles podiam realizar eficientes manobras de ataque e fuga, nas quais atacavam rápida e inesperadamente, desaparecendo antes que uma contra-ofensiva pudesse ser lançada.
Os navios dragão podiam também navegar em águas rasas, permitindo que os vikings entrassem em terra através de rios.

Os vikings usavam elmos com chifres, pois receavam, que o céu lhes pudesse cair sobre suas cabeças, na realidade era uma crença Celta, uma analogia à Cernunnos e não nórdica, mas pelas suas crenças adaptaram o elmo com chifres.

Tinham regras rígidas de obediência, como a que, nenhum homem poderia entrar para as viagens em navios se tivesse mais de cinqüenta anos. Mas podia ter uma mulher no alojamento


AS RUNA E OS VIKINS

O significado da palavra runas é o saber secreto(segredos). Em muitos rituais, as runas eram gravadas enquanto eram recitadas fórmulas mágicas e eram pintadas com o sangue de animais sacrificados. Segundo a mitologia nórdica, Odin teria descoberto as runas, durante seu auto-sacrifício na árvore Ygdrasill.
Na Era Viking, as runas foram empregadas para textos longos, geralmente talhadas em  madeira, ossos e couro. A forma padrão do rúnico germânico antigo é com 24 sinais e os Vikings inventaram duas variações rúnicas: as de rama longa dinamarquês e a curta sueca, ambos de 16 sinais.

As inscrições mais antigas datam de cerca do ano 150, e o alfabeto foi substituído pelo alfabeto latino com a cristianização, por volta do século VI na Europa central e no século XI, na Escandinávia. Runemal era a arte do uso de alfabetos rúnicos para obter respostas, como um oráculo, instrumento usado pelos iniciados nesta arte para buscar o autoconhecimento." (Fonte: Wikipédia)


Os vikings usavam a magia rúnica, como uma escrita secreta para a comunicação em ações militares e nos procedimentos mágicos, que iam desde a proteção aos encantamentos em geral. A arte divinatória era utilizada pelos vikings.
Como Odin também está associado à poesia e a magia, as runas estreitaram este relacionamento, as runas para adivinhação, geralmente, eram gravadas em pedaços de madeira, ossos e pedaços de pedra.
O Grande Deus da guerra e dos mortos, Odin, é considerado o pai das runas sagradas que, através da prática do xamanismo, entrava em transe e  viajava em espírito à terra dos mortos, para visitar os Deuses e obter conhecimento secretos e ocultos e decifrou todas as Magias

Tradições Nórdicas

O que é mitologia: é acontecimentos específicos de uma Era.
A mitologia nórdica e mitologia germânica,são as mesmas, os viking, tem série de crenças, mitos e lendas dos povos escandinavos, que preservaram as tradições nórdicas, mantidas até hoje no paganismo germânico.
A palavra Asatru significa fé, relacionada aos Deuses da guerra, que são: Odin, Friga, Thor, Tyr, Heindall, Loki, Baldur, Bragi, Iduna, entre outros.
Já a palavra Vanatru significa fé nos Deuses, da raça de Vanirs, aos Deuses da fertilidade e são eles: Njord, Skadi, Freya, Frei, Aegir, Mimir, entre outros.
Na tradição nórdica os Deuses são vistos como amigos e protetores, na qual são reverenciados, também, os espíritos da natureza e diversos espíritos guardiões. Como os seres sobrenaturais e os elfos. Suas virtudes são: tais como: coragem, verdade, honra , lealdade, hospitalidade, diligência, perseverança, disciplina e confiança. Nos mitos nórdicos, os Deuses organizaram o universo a partir do caos.  O céu e a terra, toda a extensão de espaço, o Universo.

Nas leituras que fiz, li sobre uma árvore tão grande em que, os galhos se estendiam ao Céu e pela terra, sua raízes eram três, uma chega ao reino de Esirs ( ao Sul, cheio de brilho e fogo), outra ia ao reino dos gigantes do gelo(ao Norte, cheia de neve e gelo) e a terceira ia ao reino dos mortos(Reino do caos, um enorme vazio,o calor e o frios e encontram). Levei um susto, porque no meu quintal, à uma arvore nestas características. Encorpada, enorme, tronco largo e forte com raízes que sobressaíram da terra (acho que por estar em um barranco) e se aprofundam na terra; o mais impressionante é que, se destacam  3 raízes, fortes e grandes.
Claro que seus galhos não chegam ao Céu, mas a terra sim e se deitar embaixo dela, tem-se a sensação, que seus galhos se misturam com a imensidão do Céu. Legal né.


 

VLATIMA VANDRAGAN

VLATIMA VANDRAGAN
Seja bem vinda(o). Este é um espaço onde ensino sobre o campo do desconhecido, dúvidas, idéias, comentários sobre sonhos, orientações sobre filhos, família, amor, casamento, trabalho, etc.. Um ambiente para trocas e aprendizados, através do conhecimento espirituais vividos por cada um de nós. Envie seu comentário abaixo.. CLIQUE EM SEGUIDOR, SE REGISTRE E RECEBA GRATUITAMENTE AS NOVIDADES DE MEU BLOG.

WITHIN TEMPTATION


Within Temptation - In Perfect Harmony

Mais de 1 milhão de músicas para ORKUT!
[blue]TopMusicas.net[/blue]